Hércules

 

Jéssica Feitosa dos Santos¹

Hércules é um longa-metragem produzido pela Walt Disney no ano de 1997, dirigido por John Musker e Ron Clements. Tornou-se o primeiro desenho animado da Disney a se inspirar em mitologia, diferente de todas as temáticas já lançadas.

O filme conta a história do herói grego Hércules, filho de Zeus, o deus dos raios e principal divindade do Monte Olimpo – local de morada dos deuses. De modo cômico, a trama relata como Hércules sobrevive a uma tentativa de assassinato feita a mando de Hades, deus do submundo e antagonista da história, porém, no processo acaba perdendo a sua essência divina, tornando-se um mortal dotado de uma força sobre-humana.  Adotado por uma família comum, o personagem cresce desconhecendo a sua verdadeira origem. Ao chegar na adolescência, Hércules descobre sobre o seu passado e assim inicia-se a narrativa do herói em busca de redenção – no caso, o retorno para junto da sua família celeste.

Diferente do que é contado na animação, o personagem não nasceu no Monte Olimpo, mas sim na terra, fruto do relacionamento de Zeus e Alcemna, uma mortal – era um “costume” deuses se envolverem com mortais em algumas das suas passagens entre os comuns. Hércules, provem do grego “Heraklês” (‘Hera’ de deusa Hera e ‘kléos’ de glória), sendo a personificação do esforço e do trabalho, pois, como um semideus, esse necessitava demonstrar o seu valor.

Apesar de não seguir fiel à lenda original, a película exibe de forma lúdica a temática da mitologia grega, simplificando um conteúdo mais denso para um público jovem. Dessa forma, o filme Hércules traz representações e características do mundo grego para crianças, tornando possível abordar temas como arquitetura, cultura e política na Grécia Antiga.


¹Graduanda em Licenciatura em História pela Universidade Federal de Sergipe. Bolsista pelo Programa de Educação Tutorial do Departamento de História – PET História UFS. E-mail: feitosajessica14@gmail.com

 

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)