duquesa

Mirela Souza Silva¹

     A Duquesa é um filme britânico, lançado em 2008. Drama histórico dirigido por Saul Dibb, o longa-metragem foi vencedor do Oscar de melhor figurino. A película é baseada no livro de Amanda Foreman, que relata sobre a vida da aristocrata inglesa do século XVIII Georgiana Cavendish, duquesa de Devonshire. A produção conta com um elenco de peso formado por: Keira Knightley (Georgiana Cavendish); Ralph Fiennes (William Cavendish); Hayley Atwell (Elizabeth Foster); Charlote Rampling (Margaret, mãe de Georgiana); Dominic Cooper (Charles Grey).

     Ambientado na Inglaterra do Século XVIII, o filme faz uma crônica da vida de Georgiana Spencer, que foi vítima da calunia e injúria por causa do seu comportamento extravagante tanto âmbito público quanto no privado. A personagem se destaca por sua beleza e pelo seu estilo de vida, participando ativamente das campanhas políticas e estando sempre rodeada pela classe artística.  Assim, é de fácil percepção que o filme possui em si um forte viés feminista ao tratar a questão do papel da mulher na sociedade. A duquesa se sobressai por fugir dos padrões da época, apresentando empoderamento com relação às falhas do seu casamento, além de apoiar as revoluções americana e francesa.

     Desta forma, o enredo não é só uma história romântica, mas avança para uma denúncia e crítica do papel da mulher e, consequentemente, suas limitações ocasionadas por fatores históricos, sociais e ideológicos. Georgiana rompe com as limitações de sua época, quebrando as regras impostas pela sociedade patriarcal do seu período. Portanto, o filme A Duquesa auxilia o espectador a refletir a cerca de importantes questionamentos ainda latentes no nosso tempo.


¹Graduanda em Licenciatura em História pela Universidade Federal de Sergipe. Bolsista pelo Programa de Educação Tutorial do Departamento de História – PET História UFS. E-mail: mirella.souza.2093@gmail.com

 

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)