fontes-historicasOrganizada pela historiadora Carla Bassanezi Pinsky, a obra Fontes Históricas foi lançada em 2008 pela editora Contexto e conta com a contribuição de importantes pesquisadores vinculados à USP, UNICAMP, UNESP e FGV. Tais estudiosos possuem uma considerável experiência no trato com diferentes tipos de fontes e, através dessa experiência, irão demonstrar como utilizar as mesmas de forma proveitosa na pesquisa histórica.

No que se refere as fontes documentais, o historiador Carlos Bacellar descreve a relação entre os pesquisadores e esse tipo de fonte. Com o intuito de orientar os que estão iniciando na pesquisa, o autor relata quais são os locais/arquivos que detém os documentos, as dificuldades encontradas pelos pesquisadores nestes locais, a forma como os interessados devem manusear essas fontes, entre outras orientações.

Em relação as fontes arqueológicas, Pedro Paulo Funari discute como usar esse tipo de fonte, além disso o autor demonstra como o historiador pode se aprofundar no estudo dos achados arqueológicos.

No capítulo denominado “História dos, nos e por meio dos periódicos”, Tania Regina de Luca demonstra como as fontes impressas podem ser úteis ao trabalho historiográfico. Dando uma maior ênfase aos jornais e revistas antigos, a autora consegue trazer à tona a evolução ocorrida no meio dessa imprensa. Um outro tipo de fonte que é tratada na obra em questão são as orais. A responsável por falar sobre as tais foi a Presidente da Associação Brasileira de História Oral, Verena Alberti.  Inicialmente, a autora aborda as possibilidades de pesquisa no campo da fonte oral, além de apresentar as especificidades dessa fonte.  A forma como usar a tal na pesquisa histórica também é objeto de discussão do capítulo escrito por Alberti.

Os últimos tipos de fontes a serem tratados em Fontes Históricas são as biográficas e as audiovisuais. No que tange as primeiras, Vavy Pacheco Borges, primeiramente analisa o percurso da biografia e quanto esse gênero se modificou durante o decorrer dos anos. Com relação as audiovisuais, o professor da USP, Marcos Napolitano, usa de sua vasta experiência com o trato dessas fontes para explicar sobre a relação entre os historiadores e estas.

Por tratar de um tema tão pertinente aos que já são ou tencionam ser historiadores, “Fontes Históricas” é leitura indispensável para quem pretende se situar no campo da pesquisa histórica.     

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)