Madame Bovary

  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Delicious

madame_bovary   Conhecida por ser a obra central do francês Gustave Flaubert, Madame Bovary, foi lançada em 1857 gerando muitas críticas e polêmicas. Isso porque o romance, que narra a história da jovem Emma Bovary,  fugia totalmente dos padrões morais e sociais da época ao abordar com naturalidade um tema considerado tabu para o período: o adultério, praticado veementemente  por sua personagem principal. A repercussão disto levou Flaubert aos tribunais sob acusação de imoralidade, sendo absorvido posteriormente, e a obra ao patamar de primeiro clássico da literatura realista . Além de ter trazido uma nova modalidade literária, Madame Bovary descreve o cotidiano da sociedade francesa na segunda metade do século XIX e traz uma crítica aos modos de vida  e as concepções morais da burguesia desse período.

   Por seu enredo incomum para a época em que foi publicado e por toda repercussão que isso causou, a obra é uma ótima indicação não só para aqueles que desejam conhecer um pouco mais sobre a burguesia francesa da segunda parte do século XIX, como também para os que se interessam pela história das mulheres sob a ótica  da literatura.

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

Share and Enjoy

Esta entrada foi publicada em Livro da Semana e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>