Entrevista com o Prof. Dr. Antônio Fernando de Araújo Sá (DHI/UFS)

  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Delicious

No último dia 06 de agosto, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, ocorreu o lançamento do livro “Capítulos de História da historiografia sergipana”, do professor Dr. Antônio Fernando de Araújo Sá, que integra o quadro docente do Departamento de História da UFS. Aproveitando a oportunidade, o PET entrevistou o autor!

Fonte da foto: http://lattes.cnpq.br/4761668150681726

1) Fale-nos um pouco sobre a sua trajetória acadêmica.

Nascido em Brasília/DF, graduou-se em História pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (CEUB) e fez o mestrado e doutorado em História pela Universidade de Brasília. É professor associado do Departamento de História e dos Programas de Pós-Graduação em História e Letras da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Atuou como professor visitante na Universidad Nacional de Misiones (Argentina). É líder do Grupo de Pesquisa História Popular do Nordeste (CNPq/UFS). Foi membro da Comissão de História e Geografia do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. Foi Chefe do Departamento de História da UFS (1999-2001 e 2008-2010) e diretor da Regional Nordeste da Associação Brasileira de História Oral (2008-2010).
É autor dos livros: Real Porão. Aracaju: Candangos Decapitados, 2002 (poesia); Combates entre História e Memórias. São Cristóvão/SE: Editora da UFS/ Aracaju: Fundação Oviedo Teixeira, 2005 e O Cangaço nas Batalhas da Memória. Recife/PE: Editora da UFPE, 2011; organizou, com professora Vanessa Maria Brasil, Rio sem História? Leituras sobre o rio São Francisco. Aracaju: FAPESE, 2005.

2) Como surgiu a proposta do livro? De que ele trata?

A ideia do livro surgiu quando era responsável pela disciplina Historiografia Brasileira e percebi que os estudantes pouco conheciam a história da historiografia sergipana. Meu objetivo era transformar a disciplina em oficina de trabalho e assim propus aos estudantes que realizassem pesquisas sobre a escrita da história de Sergipe. Inicialmente, foram levantados os trabalhos dos professores da UFS e depois senti necessidade de investigar os pesquisadores do IHGSE. Foram dessas pesquisas que o livro surgiu.

3) Quais as contribuições que a obra pode oferecer ao leitor?

Penso que essa pergunta não me cabe responder e sim os leitores. Mas, com a criação da disciplina História e Historiografia Sergipana, precisamos de livros que se discutam o assunto e essa é uma pequena contribuição para a consolidação da história da historiografia sergipana.

No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post)

Share and Enjoy

Esta entrada foi publicada em Entrevistas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Entrevista com o Prof. Dr. Antônio Fernando de Araújo Sá (DHI/UFS)

  1. Neide Santana da Silva disse:

    As contribuições deste brilhante mestre e escritor são indispensáveis para a compreensão da história da historiografia sergipana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>